7 Dicas para conquistar a nacionalidade espanhola

Oieee pessoal, como vocês estão? Durante esses longos anos escrevendo no Partiu Espanha, talvez, um dos assuntos mais abordados por aqui seja tudo que envolve a nacionalidade espanhola.

Muitos brasileiros que escolhem a Espanha como lar, depois de um certo tempo morando no país, decidem enfrentar o processo para adquirir a dupla nacionalidade (brasileira e espanhola).

Ter um passaporte vermelho nas mãos nos dá uma série de vantagens, mas até ter esse valioso documento na mão o caminho nem sempre é fácil, rápido e barato.

Existem diferentes maneiras de possuir a nacionalidade espanhola, aonde em cada uma delas precisaremos comprovar todos os requisitos exigidos assim como apresentar a documentação necessária.

Entretanto, antes de começar essa viagem burocrática compartilho com vocês 7 dicas importantes que serviram no meu processo para conquistar a nacionalidade espanhola.

1ª Dica: Tenha um visto de residência na Espanha

Como você pode imaginar, para morar em um país diferente do seu, é preciso pedir uma autorização de residência (popularmente chamamos de “visto”). O mesmo acontece caso você queira vir morar na Espanha.

A Espanha contempla diferentes tipos de vistos de residência, como por exemplo, de estudos, de trabalho, de residência não lucrativa, entre outros.

Assim como qualquer outro trâmite burocrático, realizar o pedido de um visto para morar na Espanha não é um processo relativamente fácil. Exige paciência, planejamento referente a documentação e financeiro.

Saber qual tipo de visto de acopla melhor ao seu perfil é essencial, pois assim você pode providenciar a documentação e cumprir com os requisitos exigidos.

Após ter seu visto aprovado e passar a residir de maneira legal na Espanha, outro ponto muito importante é você renová-lo antes do prazo de vencimento.

Ter um visto de moradia na Espanha é um dos passos imprescindíveis para realizar o pedido da nacionalidade espanhola (por residência, por exemplo).

Ver las imágenes de origen
NIE/TIE: modelo de documento pessoal de estrangeiro na Espanha. Foto: google imagens.

2ª Dica: Fale Espanhol

Parece meio óbvio, mas tem muita gente que mora na Espanha há muitos anos e que ainda não domina o idioma.

Se você quer ter a nacionalidade espanhola, você precisa ter conhecimento na língua. Nada de portunhol. Até porque, uma das etapas do processo de aquisição é justamente passar por duas avaliações elaboradas pelo Instituto Cervantes.

Nós brasileiros precisamos realizar o exame DELE, que certifica nosso conhecimento de nível básico da língua espanhola e outra prova de conhecimentos constitucionais e sociocultural do país, chamada CCSE.

3º Dica: Estude

Como dito anteriormente, para ter a nacionalidade espanhola por tempo de residência na Espanha, nós precisamos passar por duas provas – e elas não são nada fáceis.

É preciso se preparar bem antes, estudar e ter conhecimento suficiente para aprovar ambas.

Mas, já que você mora na Espanha e vamos e convenhamos, isso aqui é um museu a céu aberto, aproveite cada passeio para conhecer parte da história do país, aprenda sobre os hábitos, costumes e a própria cultura de cada região que fazem daqui um lugar único.

Palacio, Castillo, Carlos V, Granada, España, Montañas
Allambra, um dos monumentos mais importantes da Espanha. Foto: Pixbay

4º Dica: Se comporte!

Evite se meter em confusão. Sua conduta na Espanha precisa ser exemplar, integra. Por isso, evite ao máximo qualquer confusão, principalmente, de caráter judicial.

Ué, que tipos de problemas, Tai? Por exemplo, dirigir sem habilitação, brigas, agressões, assinar uma carta convite para um amigo ou familiar sabendo que ele não retornará ao Brasil, etc.

5º Dica: Trabalhe legalmente

Todos nós sabemos que ao chegar na Espanha, mesmo tendo um visto de residência, conseguir um trabalho formal e estável é praticamente ganhar na loteria. Apesar de não ser um requisito ao solicitar a nacionalidade espanhola, ter um trabalho será um ponto a favor ao comprovar seu processo de integração no país.

6ª Dica: Paciência

Muitas vezes a gente quer que as coisas aconteçam no nosso tempo e tentamos acelerar tudo e acabamos metendo os pés pelas mãos. Cada etapa do processo de aquisição da nacionalidade espanhola requer isso: tempo.

Ver las imágenes de origen

Você vai precisar primeiro cumprir o tempo mínimo morando na Espanha para então começar a cumprir cada etapa. Logo vem o tempo de estudo e preparo para a realização das provas, depois o tempo para solicitar documentos do Brasil, documentos da Espanha e só então realizar o pedido.

A paciência vai ser o seu maior aliado nesse processo. Mas, te conto um segredo? No final vale MUITO A PENA!

Não menos importante, você também vai precisar preparar seu bolso. Entre taxas, exames, documentos, traduções o bolso acaba sentindo, mas encare isso como um investimento e não como um gasto.

7ª Dica: Se entregue e integre!

Adaptar-se a um novo país, a uma nova forma de encarar a vida, a novos amigos, nova zona de conforto exige entrega. Quem já esta fazendo essa caminhada pela Espanha sabe bem do que estou falando. Requer tempo, paciência, dedicação.

Criar novos laços será fundamental para você se sentir em casa, parte desse lugar. Não se cobre tanto e principalmente, não compare a sua jornada com a de outra pessoa.

Tem gente que chega hoje e amanhã já esta trabalhando, fazendo novos amigos, falando espanhol, se adaptando rapidamente, assim como outras pessoas que precisam de mais tempo. Cada um caminha no seu próprio ritmo. Respeite seu processo.

 

A espanhola mais brasileira desse mundo. Ou seria ao contrário?

 

O meu processo durou aproximadamente dois anos. Conheci gente que levou um ano e outros sete.

Não tem uma receita certa referente ao tempo de resposta e principalmente se ele será favorável ou não, mas sem dúdida alguma, garanto que essas sete dicas vão ser fundamentais para um resultado positivo.

Minha nacionalidade espanhola foi concedida em dezembro de 2020 e veio em um momento especial para mim.

Hoje me sinto super feliz de ter um dos passaportes mais poderosos do mundo, mas principalmente de me sentir parte desse país que me abraçou com uma filha a mais.

Te conto mais sobre isso em outro post!
Um beijo

3 comentários

  1. Imagino como deva se sentir a respeito, tenho minha nacionalidade fazem desz anos, adquirida através de meu avô nascido em Barcelona. Com isso pude transpor barreiras e minhas filhas herdaram o direito e também possuem a nacionalidade espanhola. Parabéns menina!

  2. Sou neto de Espanhol de Lebrija, meus avos vieram para o Brasil em 1900, tenho tres filhos, tenho 74 anos, sera que eu posso tirar a cidadania Espanhola para meus filhos. Obrigado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *