Valência. Foto: @partiuespanha_ 2021

O choque cultural ao chegar na Espanha

A Espanha é nossa conhecida de velhos tempos, né pessoal? Quem não lembra das interminaveis aulas de história e geografía durante os anos escolares?

Eu tive a sorte de ter tido ótimos professores nessas disciplinas, que aliás, sempre foram as minhas preferidas, mas posso te garantir que tudo passa a ser muito superficial quando você tem a oportunidade de colocar os pés nesse país.

Trocar de país quase sempre vem acompanhado de um choque cultural e social, principalmente por conta dos esteriotipos que rotulam esse lugar.

Se você tem a Espanha como destino, esquece as touradas, o flamenco, Madri e Barcelona, porque a Espanha é muito mais do que isso.

E ainda que os países Iberoamericanos sejam parecidos em alguns aspectos, as diferenças sociais e culturais são surpreendentes. Vem, que eu te conto!

Catedral, Santiago, Compostela, Galicia
Catedral de Santiago de Compostela, em Galicia. Foto: pixbay

Caindo de paraquedas na Espanha pela primeira vez!

A minha chegada na Espanha foi marcada por uma mistura de sentimentos inexplicáveis. Surpresa, ansiedade, medo, alegria, empolgação.

Era meu primeiro contato social com um “mundo” totalmente novo para mim. Eu nunca tinha saído do Brasil e a Europa, naquele momento da minha vida, era visto como algo surreal.

Essa avalanche de sentimentos  que senti tem nome e sobrenome: Choque cultural.

No meu caso, foi um eletrecultamento mesmo. Trocar o Brasil pela Espanha foi algo intenso, com pontos positivos e negativos, contados com mais detalhes nesse texto aqui:Minha primeira viagem internacional | Rumo a Espanha

Eram tantas as diferenças entre São Paulo e Valência, que não comparar situações do dia a dia viraram um grande desafio nos meus primeiros meses morando aquí.

Porém, algumas coisas realmente marcaram a primeira impressão que tive da Espanha e isso te conto agora!

O que chamou a minha atenção na Espanha?

1. Segurança

Para inicio de conversa, tenho que te dizer que uma das coisas que mais me surpreenderam foi a sensação de estar em um lugar seguro.

Poder usar o celular tranquilamente na rua, não me desesperar por ver dois caras juntos em uma moto vindo da minha direção, deixar minha bolsa sobre uma mesa em algum estabelecimento, ir e vir a qualquer hora do dia ou da noite, sozinha ou acompanhada, e não ter medo é simplesmente maravilhoso.

Isso significa que na Espanha não acontece nenhum tipo de violência? Claro que acontece, né gente!

Mas, nada comparado com a realidade que infelizmente vivemos em muitas cidades brasileiras.

2. Atendimento

Em muitos estabelecimentos, principalmente em lojas, o vendendor não fica te adulando para levar algo.Ele simplesmente te dar as informações sobre o produto. Se você quiser comprar ótimo, se não quer ele nem insiste.

Outra coisa que me chamou atenção, é que nunca um atendente deixará um cliente falando sozinho para atender outro.

Ou seja, você tem que ter bom senso e esperar ele terminar para poder te atender, caso contrário ele pode até “chamar sua atenção” pela sua falta de educação.

Quando você compra algo em comercios locais, como pequeñas cafeterías e fruterías do seu bairro, é comum eles utilizarem alguns termos como: “Guapa” (bonita) ou “Guapo” (bonito), na hora do atendimento.

Cafetería, Barista, Cafe, Trabajador, Café, Hombre
Cafeteria. Foto pixbay

E se você esta em algum local comendo e entra outro cliente e te obversa, provavelmente, você ouvirá a seguinte frase: “Buen provecho”, que basicamente significa que você desfrute e aproveite da comida. Acho isso tão gentil que levei pra vida!

3. O Horário

Tem coisa mais complicada do que dizer as horas em espanhol ? Sim, tem! Mas, vamos e convenhamos, é meio confuso, né não?

 

Mas, a coisa em relação ao horário não fica só nisso, viu?  Aqui, digamos que o funcionamento do “dia” começa um pouco mais tarde em relação ao Brasil.

Como, por exemplo, nas escolas aonde os alunos  das séries iniciais, normalmente iniciam as classes somente às nove da manhã.

Os pequenos estabelecimentos também costumam funcionar em horas partidas, fechando para o almoço e retornando as atividades pela pàrte da tarde.

Então não se espante se um belo dia você resolver dar um passeio nesse horário e encontrar tudo fechado.

4. As escolas públicas são ótimas!

O sistema público de educação na Espanha não está entre os melhores da Europa, mas funciona e conta com ótimos professores e atividades extra-escolares que podem ser realizadas no próprio centro escolar.

Outro ponto que me chamou minha atenção foi em relação ao ano letivo escolar, que tem inicio em setembro e finaliza em junho, deixando os estudantes com praticamente três meses de férias – justamente no verão europeu.

Niño, Jugar, Estudio, Color, Aprender, Conocimiento

 

5. Roupa e comida com um precinho especial!

Outro choque cultural que tive ao chegar na Espanha, foi justamente me deparar com preços tão acessiveis em relação a roupa e alimentação.

Até mesmo em lojas de “marcas”, podemos comprar itens sem ter que deixar um rim como parte do pagamento.

Além do mais, na Espanha existe um periodo durante a troca de estações aonde as lojas colocam boa parte de seus produtos em promoção, com super descontos e peças de roupas baratissimas.

Esse periodo especifico de vendas é conhecido na Espanha como “Rebajas”, e ninguem resiste em comprar pelo menos um mimo para sí.

Já em relação a comida, a cesta básica na Espanha é considerada uma das mais econômicas da Europa, e aqui você pode tranquilamente “encher” seu carrinho de compras do mês sem ter que deixar metade do salário pra isso.

Comer fora também não é caro. Em praticamente todos os restaurantes da Espanha você encontrar o famoso “Menu del dia”, que consiste em uma entrada, um prato quente, sobremesa e uma bebida, normalmente com preços que oscilam entre 7€ e 20€ euros.

menu.JPG

6. Facilidades para viajar

Na era antes do Covid-19, a facilidade para viajar dentro de fora da Espanha era ( e continua sendo, mesmo com restrições), um dos pontos mais fortes do país.

Imagina aterrizar por aqui e pegar um trem-bala e acordar em Paris? Ou ir até Portugal ? E quem sabe conhecer outros países da europa pagando 10€ euros no bilhete de avião?

Maravilhoso, né gente?  Viajar pela Espanha é algo muito fácil, ainda mais quando temos a disposição diferentes tipos de transportes e com um custo-beneficio acessivel.

Já seja em carro, trem, avião ou ônibus, percorrer a Espanha de um lado a outro com tanta facilidade é uma das coisas que mais me encanta no país.

Agora sim ou sim, o que você precisa experimentar é viajar em um trem de alta velocidade na Espanha.

7.  Treta sem resentimento

Gente, esse é um ponto muito importante se você chegou recentemente na Espanha ou está a caminho pela primeira vez ao país.-

É um dos choques culturais mais frequentes que notamos ao chegar na Espanha, mas que com o  passar do tempo você vai se acostumar – ou não kkk.

Os espanhóis são extremamente diretos ao falar e talvez por isso carreguem nas costas a fama de serem  “grossos” e “estúpidos”.

Aqui é super comum “discussões” entre familiares e amigos, mas sem que isso seja  levado para o lado pessoal. Dificil de entender, né?

Aqui eles te dizem na cara o que pensam, e defedem sua opinão até o fim, chamam a tua atenção, discutem feio e logo vão, por exemplo, tomar um café ou uma cerveja juntos.

E claro, sem ressentimentos! Então se prepare para a liberdade de levar  e dar um esporro, sem rancor no coração.

Treta na Espanha: O choque cultural dificil de entender kkk

8. E muito mais…

As diferenças não param por ai, aqui você também vai se deparar com o hábito de tomar o café da manhã nas cafeterias, de aproveitar o cochilo depois do almoço, de ir ao supermercado com seu próprio carrinho de compra e até mesmo em coisa mais básica, como limpar a casa.

Praticamente tudo é diferente, mas como bem sabemos, é isso que faz desse mundão algo tão especial, né?

O choque cultural ao troca de país é inevitável, se adaptar a uma nova realidade requer tempo e sabe de uma coisa?

Depois de um tempo no país você até passar a ter os mesmo hábitos.

Agora, o que eu quero mesmo saber, é o que você mais estranhou ao chegar na Espanha? Me conta nos comentários!

Um super beijo e não esquece de me acompanhar no https://www.instagram.com/partiuespanha_/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *